O uso do design aplicado a comunicação

O uso do design aplicado a comunicação

 O design gráfico desempenha um fator gigantesco no mundo que vivemos hoje. Basicamente, tudo o que olhamos ao nosso redor, necessitou de um projeto específico de design e comunicação visual.

Roupas, móveis, sites, livros e revista. Todos, para que tenham uma boa concepção estética precisaram passar pelo  processo de um designer gráfico ou um profissional especializado em comunicação.

É de extrema importância para empresas e instituições que queiram se solidificar no mercado, criar uma identidade própria e inconfundível.

Mas você sabe ao certo o que é o design de comunicação visual? Caso a resposta seja não, saiba que separamos aqui alguns fatores que podem ajudar a compreender o conceito e qual sua importância para a consolidação de uma marca.

Então, continue sua leitura e vamos entender juntos como o design pode ser aplicado ao seu empreendimento e quais os benefícios este processo pode trazer.

O papel do designer

Sabe aquela embalagem de alimento que lhe chama a atenção, o site funcional, dinâmico e bonito, aquele panfleto de restaurante estiloso e elegante? Bom, o que todos esses elementos têm em comum é que se sobressaem em termos de estética agradável, ou seja, aquele que lhe chama mais atenção.

Eles foram devidamente pensados para que realmente tivessem esse efeito. É o que chamamos de comunicação visual design, ou design de comunicação visual, como preferir.

Tudo isso descrito acima é de responsabilidade de um profissional chamado designer gráfico. Eles são contratados por empresas para cuidarem da identidade visual da marca e, para garantir que os produtos tenham boa visibilidade. A consequência desse impacto é o aumento considerável do público-alvo escolhido.

A importância do design

A comunicação visual é muito importante para que se possa manter uma unidade estética no trabalho, ou seja, para que dessa forma se possa dialogar com o público todo o seu intuito.

Além disso, serve para que se facilite a identificação da companhia nos mais diversos meios de comunicação em que ela irá atuar.

Por isso, apenas um profissional gabaritado e qualificado, poderá de maneira eficiente, transformar conceitos e elementos estéticos e primeiramente abstratos em produtos devidamente físicos, concretos e com linguagem visual objetiva, visando ter uma comunicação estratégica funcional.

Um bom design deve conter as seguintes características:

  • Objetividade;

  • Conceito;

  • Beleza;

  • Harmonia e consonância;

  • Facilidade de entendimento.

Planejamento

Um bom planejamento é necessário e fundamental para que a companhia atinja suas metas e objetivos que são pretendidos para suas peças gráficas, impressas ou mesmo digitais.

Por isso, é imprescindível que se opte por um profissional devidamente gabaritado com as noções das estruturas estéticas e de comunicação visual.

Ele será responsável por toda a formação visual que a empresa tem. Isso inclui o logo, banners, concepção do site, e-mail marketing e etc. Vamos agora, falar um pouco desses elementos.

Logo

O logo é um dos aspectos mais fundamentais para uma empresa. A partir dele que se consolida o “rosto” da companhia e será por ele que a empresa será reconhecida e escolhida na hora do cliente fazer uma compra.

É importante que os logotipos sejam concisos e que transmitam por sua aparência, os valores e objetivos da empresa. Sei que pode parecer um conceito abstrato demais, porém é possível se transmitir valores a partir do uso das formas, da tipografia e até mesmo da paleta de cores escolhidas para compor o logo.

Logotipos para empresas, é o serviço prestado pelo já citado design gráfico. Ao escolher esse profissional para desenvolver seu logo, considere se este está devidamente preparado e antenado com as novas tendências do ramo.

Banner e outros itens

Além do logotipo, sua empresa necessitará da produção de alguns outros itens que fazem parte da comunicação dela. São banners, flyers ou mesmo a estética da composição do site, que precisa estar de acordo com a unidade estética previamente definida pelo logo.

É a partir dessas informações visuais, que o designer deve se basear para compor o restante dos elementos, de forma que exista um padrão coerente, ou seja, uma unidade entre os itens desenvolvidos.

A identidade visual é o rosto da empresa. A partir dela que as pessoas reconhecerão seu negócio, por isso, é de suma importância que esses elementos estejam em harmonia com os objetivos almejados para a empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *