Estratégias de comunicação visual em áreas verdes

Estratégias de comunicação visual em áreas verdes

Contar com um quiosque em uma área verde é sempre satisfatório, pois o elemento acaba chamando a atenção de todos que passam pelo local, facilitando as estratégias de marketing.

No entanto, é necessária que toda essa atenção seja positiva, não negativa. Afinal, o quiosque de madeira precisa harmonizar com o local para, assim, garantir muitos visitantes.

Em suma, o quiosque é um excelente ponto de vendas e isso independe do produto exposto no local. Como o mesmo já está instalado em uma área verde, como parques, por exemplo, o público-alvo é bem vasto.

Neste sentido, é preciso contar com estratégias de comunicação visual, para atrair a maior parte dos possíveis clientes.

Por esse motivo, reunimos neste artigo as principais estratégias de comunicação visual para quiosques em áreas verdes. Deslize para o próximo tópico e continue com a leitura.

Conheça seu público

Embora seja um pouco óbvio, conhecer o público-alvo nunca é demais. Isso porque as tendências mudam conforme a tecnologia avança. Ou seja, é preciso acompanhar toda essa evolução.

Entretanto, muitas empresas esquecem-se desse detalhe, que é muito importante. Conhecer o cliente em potencial é preparar o local para recebê-lo. A comunicação visual, por sua vez, é o que vai definir a mensagem a ser passada para o público.

Se o negócio quer ser visto como uma instituição séria e estável, o ideal é optar por cores mais sóbrias, como o azul e o cinza, e fontes serifadas e de bases mais retas, algo bem sério mesmo.

Entretanto, para um quiosque presente em áreas verdes, o recomendado é buscar pelo próprio verde, um azul ou amarelo.

Essas cores devem fazer parte da identidade visual do local e não deve mudar em nada. Para ter ideia, as cores devem estar impressas até no guardanapo decorado de papel.

As possibilidades de melhorar a identidade visual são infinitas e dependem, sempre, de como o seu público vai reagir a diferentes estímulos visuais e linguagens.

Experiência do usuário

Steve Jobs, fundador da marca norte-americana de aparelhos eletrônicos Apple, mencionava a respeito da experiência do usuário durante o lançamento dos primeiros produtos da marca da maçã.

Em poucas palavras, a técnica consiste em oferecer o melhor para o cliente. Isso envolve desde a utilização de embalagens plásticas até um e-mail de boas vindas.

A comunicação visual, por sua vez, pode e deve estar nesse meio. No caso das embalagens, é imprescindível que o telefone, as redes sociais e demais contatos do quiosque estejam impressos no verso ou na frente de cada uma delas.

Essa prática ajuda na fidelização de clientes, além de mostrar credibilidade e carinho com cada consumidor.

Veja algumas vantagens de proporcionar o melhor para cada cliente:

  • Fidelização;

  • Maior chance de venda;

  • Maior credibilidade à empresa;

  • Agrega valor estético;

  • Melhora o desempenho do quiosque.

Se o empreendedor preferir, ele pode dar um retoque especial em cada uma das sacolas personalizadas, o que ajuda a manter uma estética aplicada à identidade visual da empresa.

Defina estratégias visuais

Um dos erros mais cometidos pela empresa é a inconsistência no momento de definir como será a comunicação visual de todo o quiosque. Por isso, o ideal é não mudar para inovar, mas definir apenas um caminho.

A partir do momento que o espaço segue um conjunto de cores e decoração, fica muito mais fácil de que os clientes reconheçam e salvem na memória a imagem daquele lugar que os atendeu.

Uma boa dica para áreas verdes é investir em uma decoração feita de decoupagem. A técnica consiste na aplicação de folhas de jornais em objetos, como nichos e mobiliários. Com isso, o material recebe uma estética completamente diferenciada, com aspecto rústico e moderno.

Então, logo após analisar o público e decidir o que será comunicado a eles, recomenda-se planejar os desdobramentos da decisão e seguir o planejamento.

Neste sentido, vale ressalvar que as mesmas fontes devem ser usadas, assim como as mesmas cores, modelos, dentre outros fatores visuais.

Ultrapasse os limites do cartão de visitas

Muitos acreditam que a comunicação visual para no logo da empresa ou até mesmo no cartão de visitas. Na verdade, a comunicação visual é um conjunto de deve ser levado ao pé da letra.

Por exemplo, um quiosque em área verde pode contar com um deck de madeira. O item confere mais aconchego e elegância ao local e, com certeza, contribui para a comunicação do local que está instalado em um parque, no caso.

Sendo assim, as estratégias citadas acima ajudarão o empreendedor a manter uma comunicação visual precisa melhorando, assim, o desempenho do quiosque no dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *